O que você pode aprender com a merenda da filha da Bela Gil

A chef e nutricionista Bela Gil tem um programa de culinária saudável no canal GNT. Eu nunca tinha ouvido falar dele (e nem dela, pra falar a verdade) até que uma das receitas do programa chegou até mim: melancia grelhada. A coisa parecia ser tão ruim que virou um meme e todo mundo ficou compartilhando fotos e piadas da bendita. Nunca experimentei, claro!

Na última semana, essa mulher apareceu de novo pra mim por causa desse post abaixo, feita em seu Instagram.

resize

Confesso que fiquei chocado. A merenda de sua filha, Flor Gil, é banana, batata doce, granola e água? Granola e água? “Que família hippie! Que menina infeliz ela deve ser!”, pensei. E vi e ri de todas as piadas à respeito. A melhor foi de um amigo que compartilhou a foto com a seguinte legenda: “A filha da Bela Gil deve ser um hamster” :P

Poxa, não tinha nada mais saboroso que isso pra mandar pra menina comer?

Mas aí a própria Bela Gil escreveu um post em seu site explicando, sem se exaltar em momento algum, o motivo dessa lancheira e mostrando como os errados da história somos nós. Eis o trecho que mais me chamou atenção:

Coloco banana da terra e batata doce na lancheira da minha filha primeiramente porque ela GOSTA. Os outros motivos são diversos, porém complementares.

– Com a batata-doce e a banana da terra consigo mostrar pra ela o verdadeiro sabor da nossa terra, pra ela se lembrar que o sabor da infância era um sabor natural do Brasil e não de alguma formula artificial fabricada em laboratório.

– Me importo com a saúde da minha filha e por isso presto atenção na alimentação dela. Não considero biscoito recheado, salgadinho de pacotinho, e achocolatados como alimentos e sim produtos maquiados de alimentos que iludem tanto os pais quanto as crianças com seus poderes viciantes. Não quero deixar a minha filha dependente de uma indústria, quero educá-la para ser independente, poder preparar o próprio alimento e escolher o que quiser para comer no jantar.

– Nenhum lixo foi produzido com a merenda da Flor, fiz a granola em casa e a casca da banana virou adubo pra nossa pequena horta caseira. Porém, se tivesse colocado uma caixinha de achocolatado, um pacotinho de bolacha agua e sal e uma barrinha de cereal industrializada, seriam mais 3 embalagens jogadas no lixo que levariam milhares de anos para desintegrar.

Achei uma boa lista, sabia?

A coisa mais importante é a primeira: quem tem que gostar da comida na lancheira da criança não sou eu e nem você, é a criança. Se ela gosta, tá tudo ok. E os outros itens também são ótimos: realmente, nenhum produto industrializado teria a mesma quantidade de nutrientes que esse lanchinho saudável que ela montou. Ele não seria minha opção e possivelmente também não seria o que eu daria pra um filho meu, mas precisamos reconhecer que o que ela diz faz sentido e que nós precisamos rever os nossos conceitos de alimentação. E nesse link aqui te convido a refletir mais sobre o assunto.

Captura de Tela 2015-05-30 às 20.13.12

Ela mesma diz no post que os valores estão invertidos na nossa sociedade. Muitas pessoas acreditam que saúde é sinônimo apenas de construir mais hospitais, quando o ideal seria ninguém ficar doente – e dá pra alcançar isso ou chegar bem perto disso cuidando de verdade da nossa comida e da nossa saúde. Não podemos estar “com fome demais” para não termos tempo de pensar no que colocamos pra dentro do nosso corpo.

E termino esse post com outro trecho do que ela escreveu:

Eu acredito que podemos mudar o mundo através da alimentação e são esses valores que quero passar para a minha filha no dia a dia. Tem gente que escolhe a música, tem gente que prefere a politica, outros preferem o esporte, a pintura ou os livros para lutar por um mundo melhor. No meu caso, escolhi a comida!

Como secar roupa mesmo em dias de chuva

Captura de Tela 2015-05-04 às 19.32.21

Dá gosto estender as roupas no varal quando tá fazendo um sol lindo, né? Mas e quando não tá? Você também fica deprimido e sem vontade de colocar nada na máquina de lavar quando os dias estão cinzas? Seu problemas acabaram.

Explicação curta: pendure as roupas no varal como sempre faz, em um lugar coberto, obviamente. E deixe ligado, bem de frente pra elas, o maior ventilador que você tiver. E deixe o máximo de tempo que puder. O vento ajuda muito a secar – demora, mas não fica aquele cheiro ruim nas roupas.

Explicação longa: é um fenômeno físico chamado de tensão da superfície, lembra disso do colégio? A água evapora quando é aquecida, mas isso não significa que pra uma roupa secar ou pra uma poça secar a água fica quente antes. O que acontece é que, na camada mais na superfície de um punhado de água, as moléculas ficam mais descontroladas – mais separadas mesmo. É por isso que alguns insetos conseguem andar sob as águas. Com isso, basta uma brisa para levar a molécula “mais solta” no ar. Pouco a pouco, a água toda vai sumindo. Roupa seca :)