Como secar roupa mesmo em dias de chuva

Captura de Tela 2015-05-04 às 19.32.21

Dá gosto estender as roupas no varal quando tá fazendo um sol lindo, né? Mas e quando não tá? Você também fica deprimido e sem vontade de colocar nada na máquina de lavar quando os dias estão cinzas? Seu problemas acabaram.

Explicação curta: pendure as roupas no varal como sempre faz, em um lugar coberto, obviamente. E deixe ligado, bem de frente pra elas, o maior ventilador que você tiver. E deixe o máximo de tempo que puder. O vento ajuda muito a secar – demora, mas não fica aquele cheiro ruim nas roupas.

Explicação longa: é um fenômeno físico chamado de tensão da superfície, lembra disso do colégio? A água evapora quando é aquecida, mas isso não significa que pra uma roupa secar ou pra uma poça secar a água fica quente antes. O que acontece é que, na camada mais na superfície de um punhado de água, as moléculas ficam mais descontroladas – mais separadas mesmo. É por isso que alguns insetos conseguem andar sob as águas. Com isso, basta uma brisa para levar a molécula “mais solta” no ar. Pouco a pouco, a água toda vai sumindo. Roupa seca :)

Que tal uma máquina de lavar que não usa água e deixa as peças passadas?

O sonho de quem mora sozinho chegou. A Swash é uma máquina de lavar que limpa uma única peça de roupa de cada vez, mas demora apenas 10 minutos, não usa água e já deixa ela passada!

Captura de Tela 2014-07-25 às 14.17.21

1

2

Com cerca de 53cm de altura por 54cm de profundidade e 16cm de largura, ela não requer a instalação de tubulações, basta ser conectada a uma tomada padrão 120 V.

A pré-venda na gringa gira em torno de US$ 499 (R$ 1.106) e o pacote com 12 sachês de limpeza vai custar US$ 6.99 (cerca de R$ 15). A Swash estará nas lojas em setembro de 2014.

Relacionado:
Os maiores erros na hora de lavar roupas
Como escolher sua lavadora de roupas
Como passar roupa sem usar ferro

18 utilidades para baby wipes

Depois de uma incrível lista de 5 coisas que você pode fazer com amaciante (além de lavar roupas), eis coisas que você pode fazer com lenços umedecidos e nem sabia. Quem mora sozinho e/ou não têm filhos nunca passa nem perto da parte de fraldas e mamadeiras dos mercados, mas talvez isso mude depois dessa lista. Sério, muita coisa útil.

1 – Lavar a mão quando não tem água em casa ou num piquenique

2 – Limpar nariz escorrendo (o lenço ser úmido ajuda a não deixar o nariz vermelho, o que sempre acontece quando você limpa o nariz repetidamente com papel seco)

3 – Limpar comidas em viagens – tanto limpar cascas de frutas como limpar os farelos dos dedos

4 – Limpar farelo ou líquidos que pingaram na roupa

5 – Limpar algum canto da pia, da banheira ou da privada sem precisar sacar todos os produtos de limpeza

6 – Limpar cocô de pombo de cima do seu carro

7 – Limpar maçanetas

8 – Limpar machucados antes de colocar band-aid

9 – Limpar pingos em móveis de couro

10 – Tirar maquiagem sem irritar a pele

11 – Limpar mesas, bancos e brinquedos de parques antes de se acomodar

12 – Limpar gotas de tinta de cabelo da nuca e da testa

13 – Limpar o lado de dentro do carro

14 – Tirar poeira das folhas de suas plantas

15 – Remover tinta de caneta que borrou na sua mão

16 – Remover manchas de desodorante em roupas pretas

17 – Limpar tênis e deixar todos eles brilhando de novo

18 – Limpar as patinhas do seu pet depois de um passeio

Tem algumas coisas que, com certeza, você pensou: “eca, jamais faria isso com lenços umedecidos”, mas pensa: eles são usados em bundinhas de neném, são produtos químicos para limpeza mas são delicados também. Acho que vale dar uma chance ;) (fonte)

Mas o que é amaciante de roupas?

Vou começar a fazer posts “Mas o que é?”, com uma breve explicação sobre alguma coisa que, de tão comum na nossa vida, nunca despertou nenhum interesse especial. Mas conhecimento nunca é demais :)

A Wikipédia diz que “amaciantes são produtos naturais ou artificiais utilizados para amaciar outros produtos, em especial os tecidos”. Aff. Isso a gente já sabia, né.

Na verdade, os amaciantes são agentes catiônicos que atuam por redução das cargas negativas sobre os tecidos tratados. Ele é produzido a partir de um negócio chamado quaternário de amônio, é ele que adere na fibra dos tecidos, fazendo com que elas se afastem umas das outras por meio desse diferencial de carga (saudades Telecurso 2000).

O ativo possui uma parte polar, com carga positiva, e uma apolar, com carga negativa. Ao entrar na fibra, cuja carga estática é negativa, a substância faz as fibras se afastarem, proporcionando a maciez.

Antes do século 20, antes de grandes empresas começarem a produzir esse produto em larga escala, usava-se nas roupas uma mistura de azeite, xarope de milho e sabão para esses fins. Eca! O lado ruim da produção atual é que os mesmos agentes químicos que deixam a roupa macia são o que podem fazer mal pra gente: com o uso da roupa, o efeito passa pois os elementos se soltam das fibras. E em contato com a pele ou inalados, podem causar câncer.

Aqui tem uma lista de outras 5 coisas que você não sabia sobre amaciante de roupas!

Fontes: Wikipedia (english) e FDR

5 coisas que você não sabia sobre amaciante

Já falamos que usar muito ou nenhum amaciante é um dos top 5 erros na hora de lavar roupa. Mas o grande erro sobre amaciante é achar que ele só serve pra isso! Não, não, não!

Você pode usar no banheiro
Ele deixa os azulejos, pias, pisos e vasos limpos e perfumados. É só diluir um pouco dele na água com álcool e aplicar sempre usando um paninho umedecido.

Você pode usar nos móveis
Em resumo, os amaciantes revestem a superfície das fibras de tecido com uma fina camada de produtos químicos evitando a acumulação de eletricidade estática. Exatamente por isso funciona contra a poeira: a superfície do móvel não “atrai” partículas no ar com facilidade. Basta diluir o produto em água e aplicar com um pano macio – e que não solte fiapos.

Você pode usar nos vidros
Sim, ele deixa os vidros e espelhos mais limpos pelo mesmo motivo dos móveis: repele o pó por dias. No caso, misture o amaciante em ½ litro de água. Borrife a mistura e passe um pano macio em movimentos circulares.

Você pode usar na área de serviço
Sabe esses produtos que você borrifa na hora de passar a roupa para o ferro deslizar mais fácil? Você consegue e-xa-ta-men-te o mesmo efeito borrifando amaciante diluído na água.

Você pode fazer o seu!
É complicado, mas se quiser trazer seu lado econômico ou ecológico à tona, vai precisar de 5 litros de água, 2 colheres de sopa de Leite de Rosas, 1 sabonete ralado e 4 colheres de glicerina. Primeiro, ferva 1 litro de água, desligue o fogo e coloque o sabão para dissolver. Depois de algumas horas, ligue em fogo baixo por 2 minutos até o sabonete derreter totalmente. Desligue o fogo, adicione os outros ingredientes, mexa bem e pronto! Ele ficará líquido mas, depois de 24 horas, ele tomará uma consistência cremosa. (fonte)

Aliás, ficou curioso sobre esse lyndo produto? Saiba mais sobre ele aqui!

Top 5 erros na hora de lavar suas roupas

Ai, gente, é só colocar na máquina e pronto! Na-na-ni-na-não! Se liga nessa lista de coisas que você precisa prestar atenção na hora de lavar suas roupas. (E se você ainda não tem máquina de lavar ou está pensando em trocar, esse post aqui te ajuda!)

1 – Não separar as roupas por cores
Essa regra parece uma bobagem até que você mancha suas roupas e fica puto da vida. Não precisa ser freak, basta separar as escuras das claras – existe até sabão especial pra roupa preta. Ah, e não é bom misturar peças pessoais com domésticas (pano de prato, toalha de mesa), são manchas e tecidos bem diferentes…

2 – Lavar as peças do avesso
Faz sentido achar que a parte de dentro precisa ficar “mais limpa”, mas isso não faz diferença dentro da máquina, tudo fica limpo igualmente. Mas lembre-se sempre que o lado de dentro das peças na máquina será o que mais vai juntar bolinhas e, fazendo isso, estará acumulando bem do lado que vai aparecer quando você vestir.

3 – Esquecer ou exagerar no amaciante
Ele é importante sim, pois a lavagem endurece as fibras dos tecidos. Mas uma tampinha (duas, no máximo!) dão conta do recado. Se sua máquina tem “uma gavetinha” pra ele, sempre coloque uma medida da tampa de água depois do amaciante – isso impede que o caninho entupa.

4 – Usar a máquina sem parar
Se acumulou roupa, tudo bem, acontece, mas tente dar um intervalo de 2h entre uma lavagem e outra. Sua máquina precisa esfriar. Por isso, tente sempre usar a capacidade máxima da máquina cada vez que você lavar roupa – isso economiza tempo e energia, inclusive.

5 – Lavar as blusas abertas
Casacos de zíper e blusas de botão se lavam fechados e abotoados, ponto final. Um ciclo de lavagem com essas peças abertas pode amassá-las muito mais (e dificultar muito na hora de passar) ou até entortá-las!

Saiba como tirar manchas de batom, vinho, chocolate e outras 13 coisas

manuaisQuando criança, herdei de um tio um livro incrível chamado “Manual do Escoteiro Mirim”. Basicamente eram os sobrinhos do Tio Patinhas (Huguinho, Zezinho e Luizinho, lembra?) ensinando a dar nós, identificar se uma cobra é venenosa ou não, fazer barco de papel, estilingue, fogueira e tirar algumas manches de roupa – o que me traz a este post.

Salve esse link e antes de entrar em pânico na próxima vez que derramar alguma coisa na roupa, volta aqui nessa lista.

E se quiser, deixe suas dicas nos comentários ;)

Café: esfregue um cubinho de gelo ou um paninho com água bem quente sobre a mancha (de preferência assim que manchar).

Vinho: deixe a peça de molho em água morna antes de colocá-la na máquina de lavar. Uma dica também é parar de beber. Brinks.

Batom e graxa: esfregue um pedaço de sabonete branco sobre a mancha antes de colocar a peça na máquina. Sim, tem que ser branco.

Frutas vermelhas: depois de lavar com água e sabão, coloque de molho numa mistura de água sanitária e espuma de sabão. Se não sair, lave com vinagre e álcool.

Chocolate: esfregue a parte manchada com água quente antes de colocar na máquina. E me dá esse chocolate aqui que eu seguro.

Gordura e molho de tomate: gordura não mistura com água, lembra? Então esfregue um pouco de detergente (de louça mesmo) neutro nos pontos manchados antes de colocar a roupa na máquina.

Chiclete: depois de gritar muito, esfregue um cubo de gelo do lado avesso de onde o chiclete grudou.

Cerveja: passe algodão com álcool sobre a mancha. Em seguida, lave com água morna e sabão em pó.

Lama: se for tecido claro, lavar com água fria e depois com água misturada com vinagre. Em casos de tecido escuro, esperar que ela seque e, em seguida, limpe com uma escova.

Suor: lave o local com uma solução de álcool e amoníaco. Depois, limpe com água quente e deixe secar à sombra. Não use cloro, pois a substância pode endurecer e enfraquecer a fibra do tecido. Vodca também funciona.

Mofo: geralmente água bem quente com sal ajuda. Em seguida, exponha ao sol, colocando sobre a mancha suco de limão e sal. Clique aqui pra saber o que fazer com o mofo em outros lugares da casa.

Tinta de caneta: esfregue a mancha com álcool, tomando cuidado para não desbotar o tecido.

Sangue: depois de remover a bala perdida da sua barriga, vá lavar o tecido com água fria. Se a mancha persistir, lave novamente com uma mistura de água fria, sal de cozinha e um pouquinho de amônia.

Cheiro de cigarro da roupa: deixe a peça no sol por 12 horas antes de lavar.

E cuidado pra não sujar mais suas roupas, menino!